Trabalhador_mondial_palma

Trabalhadores de uma empresa que opera em Palma

A construção da fábrica que vai processar o gás natural a extrair na bacia do Rovuma vai empregar cinco mil moçambicanos, anunciou a Anadarko, a petrolídera norte-americana que espera gastar cerca de 2,5 mil milhões de dólares nos cinco de construção.

A fábrica está a ser construída no distrito de Palma, na península de Afungi, província de Cabo Delgado, a cerca de 2.500 quilómetros da capital, Maputo, e junto à fronteira com a Tanzânia.

O consórcio liderado pela Anadarko está a realizar trabalhos de preparação do terreno e infraestruturas associadas à fábrica, aguardando-se a decisão final de investimento em 2019.

O projecto já contratou bens e serviços estimados em 850 milhões de dólares nos últimos cinco anos.

A Anadarko está ainda a desenvolver um programa de apoio à certificação de empresas moçambicanas em normas internacionais e a implementar um sistema de registo de fornecedores para a indústria de petróleo e gás em Moçambique e um código de práticas.

Anúncios