OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Foto: Edmundo Galiza Matos/novembro 201

Domingo de manhã numa aldeia de Palma. Um grupo numeroso de crianças, cada uma delas à sua vez, pedalava uma bicicleta. Dava gosto ouvir a algazarra, tal era a alegria dos petizes. Entre elas, a da imagem assistia a brincadeira apartada dos restantes amigos, com um misto de pena e receio. Era a mais bem vestida, contrastando com o vestuário roto do resto do grupo. Uma e outra vez alisava um ponto do vestido, sacudia-o da poeira que as outras levantavam. E, acto contínuo, virou-se para mim, pressentindo que estava alguém a observa-la. Um gesto amigável meu travou-lhe a meio da garganta um gritinho de medo, tempo suficiente para “bater” a chapa. As palmas vindas dos outros meninos tiveram o condão de a acalmar. E com um sorriso a toda a largura, gingando e muita feliz, tomou o caminho da sua casa, uma palhota escaqueirada ali perto, provavelmente a dizer “Omi nisitawi (estou bonita)”.

Anúncios