Gas_plataforma_mar

A decisão final de investimento para o projecto de exploração de gás natural relativo à concessão Área 1 da bacia do Rovuma, em Moçambique, deverá ser assinada nos próximos tempos, disse em Maputo o director para Moçambique do grupo norte-americano Anadarko Petroleum.

Falando em Maputo, no âmbito da realização da 4.ª Cimeira de Exposição de Gás de Moçambique, John Bretz assinalou que alguns aspectos considerados críticos para a concretização da decisão final de investimento estão a ser progressivamente ultrapassado, escreveu o matutino Notícias, de Maputo.

A recente assinatura com o governo dos contractos sobre as concessões marítimas, a definição de um quadro legal, os avanços no processo de realojamento da população em Palma e as negociações avançadas com os potenciais compradores do gás natural liquefeito (GNL) foram alguns dos aspectos críticos que registaram avanços significativos.

A Cimeira e Exposição de Gás de Moçambique é um evento organizado pelo grupo CWC em parceria com a Empresa Moçambicana de Hidrocarbonetos (ENH), tendo reunido mais de 500 pessoas provenientes de 30 países.

O presidente da ENH, Omar Mithá, disse, na ocasião, que Moçambique deve encontrar uma estratégia de venda eficaz para o seu gás natural face às perspectivas de uma superprodução no mundo, tendo recordado que os Estados Unidos passaram de país importador a exportador de gás natural e que o Qatar levantou a moratória que se tinha imposto na produção de mais gás.

Fonte: Macauhub

Anúncios