A multipremiada companhia aérea africana de baixo custo, Fastjet, anunciou hoje que começará voos domésticos em Moçambique em breve.

A companhia aérea, que actualmente opera na Tanzânia, Zâmbia, Zimbabwe e África do Sul será a primeira transportadora pan-africana de baixo custo a entrar no mercado moçambicano e lançará, em breve, o seu horário e a data do início das vendas.

Segundo o comunicado enviado às redacções, a Fastjet entra em Moçambique em sociedade com a Solenta Aviation Mozambique, uma divisão da sua maior accionista, a Solenta Aviation, que também é o seu parceiro operacional no país.

Comentando sobre o seu lançamento, o Chefe Executivo da Fastjet, Nico Bezuidenhout disse: “Moçambique é um mercado muito importante para a Fastjet e, em breve, teremos a oportunidade de oferecer voos entre algumas das principais cidades do país diariamente com tarifas acessíveis.”

Acrescenta que a motivação subjacente da Fastjet sempre foi de tornar as viagens aéreas mais acessíveis para todos. “A Fastjet é a companhia aérea para toda a gente.”

Moçambique vai ser servido com aeronaves Embraer E145, jatos de 50 lugares que oferecem confortáveis viagens entre cidades. “Voámos com mais de 2.5 milhões de pessoas desde o nosso lançamento, em 2012, e não há melhor forma de celebrar o nosso quinto aniversário do que lançar a marca Fastjet e a venda de bilhetes em Moçambique,” acrescentou Bezuidenhout.

Conforme formos crescendo em Moçambique, contamos aumentar a nossa frota e introduzirmos aeronaves de maior capacidade conforme a demanda se for movendo numa direcção positiva.”, vaticina.

A Fastjet fará um anúncio sobre rotas e horários dentro em breve.

SAPO – 29.09.2017

Anúncios