Banco_mundial

O Banco Mundial aprovou esta sexta-feira um financiamento de 150 milhões de dólares (126,8 milhões de euros) para a empresa pública Eletricidade de Moçambique (EDM), anunciou a instituição em comunicado.

O dinheiro será entregue através da Associação Internacional de Desenvolvimento (IDA) e destina-se a “melhorar a capacidade operacional da rede elétrica, assim como a eficiência operacional” da EDM.

Segundo o Banco Mundial, Moçambique registou “progressos significativos na expansão do acesso à eletricidade nos últimos anos”, tendo alargado a cobertura para 26% da população contra 6% em 2006.

Com o crescimento da rede, a EDM “enfrenta desafios crescentes de eficiência e fiabilidade”, estimando-se que as perdas totais do sistema sejam superiores à média da África Subsaariana, acrescenta o Banco Mundial.

Uma parcela de 78% do apoio vai financiar o reforço das linhas de transmissão e distribuição, a instalação de transformadores para aumentar a capacidade da rede e a aplicação de outros equipamentos nas cidades de Maputo, Matola, Nacala, Pemba e Lichinga.

O montante remanescente será utilizado na componente operacional e comercial da EDM, capacidade institucional, apoio na implementação do projeto e capacitação para o Ministério dos Recursos Minerais e Energia.

Fonte: Lusa

Anúncios