Mahamudo_amurane

O presidente do município de Nampula, Mahamudo Amurane, diz que já está em contacto com os seus apoiantes para preparar a sua candidatura às eleições autárquicas de 2018.

Amurane, que venceu as eleições em 2013 como candidato do Movimento Democrático de Moçambique (MDM) , entrou em rota de colisão com a liderança deste partido, após alegadamente ter se afastado de práticas corruptas.

O edil diz à VOA que não formou nenhum partido político e não está associado a nenhum, mas procura junto de seus apoiantes formas de concorrer para continuar a liderança de Nampula, a terceira maior cidade de Moçambique.

“Eu vou concorrer por um partido, que oportunamente irei anunciar pessoalmente (…) e para concorrer preciso de apoio popular,” diz Amurane.

Ele afirma que contrariamente ao que tem sido especulado, “não tenho nenhuma ligação com a Frelimo, nem com a Renamo ou outro partido; irei concorrer pelo partido que apresentar uma proposta do agrado do povo”.

O porta-voz do MDM, Sande Carmona, disse ao correspondente da VOA, André Baptista, no centro de Moçambique, que o partido lamenta a falta de comunicação formal da decisão de Amurane.

Mas, acrescentou Carmona ,“ele está livre e apelamos que faça (candidatura às eleições), mas sem ferir as sensibilidades do MDM”.

Para Amurane, a reconciliação com o MDM “é completamente impossível”.

Fonte: Voz da América (VOA)

Anúncios