governo_mocambique_maputo

Sede do governo da República de Moçambique/Foto EGMatos

A consultora BMI Research considera que as negociações entre os detentores de títulos de dívida pública e o Governo moçambicano podem fazer subir os custos de financiamento dos megaprojetos, atrasando a sua implementação no terreno.

“As divergências entre o Governo e os detentores dos títulos de dívida soberana podem aumentar os custos dos empréstimos e, por isso, atrasar os projetos”, escrevem os analistas desta consultora do Grupo Fitch num relatório sobre o setor do gás e petróleo em Moçambique.

No documento, a que a Lusa teve acesso, a BMI Research diz que, entre as ameaças ao desenvolvimento deste setor fundamental para a economia moçambicana, estão “os baixos preços dos petróleo e a baixa disponibilidade para investimento de capital”, que podem, por isso, fazer atrasar os projetos em desenvolvimento ou em preparação até 2026.

Além do abrandamento da procura no mercado asiático, os atrasos nos projetos, salientam os analistas, são perigosos porque Moçambique enfrenta uma concorrência forte no setor do gás, apesar de ter sido o palco das maiores descobertas de gás natural nos últimos anos.

O gás natural e os megaprojetos nesta área são fundamentais para Moçambique, que tem suscitado o interesse das maiores multinacionais desta área devido às descobertas que têm sido feitas quer no território terrestre, quer ao largo deste país lusófono africano.

Além das descobertas, a BMI Research encara como pontos-fortes do país “as grandes operações de prospeção ao largo da costa e as grandes descobertas até agora”, para além da posição geográfica próxima da Ásia e a aprovação do plano de desenvolvimento do Coral, “o primeiro aprovado pelo Governo para a Bacia do Rovuma, e que sinaliza que os projetos estão em curso”.

Moçambique, no entanto, enfrenta também várias adversidades, como “a infraestrutura física subdesenvolvida e a falta de uma Decisão Final de Investimento apesar do quadro regulatório estar já aprovado”.

Fonte: Lusa

Anúncios