Luka

A eterna rivalidade futebolística entre o Real Madrid e o FC Barcelona vai ser “mostrada” em filme, numa película intitulada “Hala Madrid, Visca Barça”, que será dirigida pelo marroquino Abdelilá Jauahri.

Em declarações à agência noticiosa Efe, Jauahri explicou que o filme conta a história de um homem influente que “obriga” todo o povo da sua aldeia, em Marrocos, a jurar “fidelidade” ao clube madridista, até à chegada de um jovem emigrante espanhol, que começa a contestar a sua autoridade.

A rivalidade de ambos estende-se à política, já que o líder da aldeia se assume como um fervoroso monárquico e o jovem defende os ideais democráticos.

No entanto, na realidade, o chefe da aldeia acaba por se revelar um islamita convicto, que se serve do futebol para dominar o povo da aldeia através da religião, e dedicar-se a negócios “pouco claros”.

Aparentemente, o filme mostra uma imagem bastante negativa do “madridismo”, mas o diretor garante que no final todos os habitantes da aldeia desfilam com camisolas do Real Madrid e do FC Barcelona, cantando: “Hala Madrid, Visca Barça e Viva Marrocos”.

Abdelilá Jauahri apresenta o filme como “uma comédia com mensagem”, na qual se misturam futebol, política, religião e drogas.

A rodagem do filme, feita maioritariamente numa fortaleza abandonada perto de Marraquexe, já terminou, devendo o filme estrear num prazo de quatro a seis meses.

Muitos marroquinos vivem fervorosamente a rivalidade entre os dois principais clubes espanhóis de futebol, com adeptos de uma e de outra equipa a celebrarem nas ruas as vitórias “merengues” e “blaugranas”.

Anúncios