Metical_novas_notas_2017_500

A consultora BMI Research considerou hoje que o consumo privado em Moçambique vai sofrer uma recessão de 11,2% este ano, depois de já ter caído 8,8% no ano passado, motivado pela crise económica.

“A nossa perspetiva de evolução do consumo privado em Moçambique vai continuar negativa durante 2017, seguindo-se ao declínio de 2016”, lê-se numa nota de análise sobre esta área.

No documento, enviado aos investidores e a que a Lusa teve acesso, a BMI Research atribui esta nova queda nas despesas das famílias “à influência do fraco crescimento económico nas famílias, que já enfrentam um desemprego e uma inflação elevados”.

O Produto Interno Bruto (PIB) de Moçambique deverá crescer ligeiramente este ano, para 4%, depois de ter caído de 6,6% em 2015 para 3,3% no ano passado, marcado pela crise da dívida soberana que se alastrou para a economia e o setor financeiro.

Moçambique atravessa uma crise económica e financeira, agravada pela descoberta de dívidas ocultas do Estado no valor de 1,4 mil milhões de dólares, o que fez com que o FMI e doadores internacionais suspendessem os apoios ao país no último ano.

Fonte: Lusa

Anúncios