A capacidade de produção de energia eléctrica da central térmica de Temane, na província de Inhambane, vai ser aumentada de 15 para 110 megawatts, ao abrigo de um contracto quarta-feira assinado em Tóquio entre a Electricidade de Moçambique e o grupo Sumitomo Corporation, escreveu a agência noticiosa AIM.

O contracto estipula que o grupo japonês será responsável pela obtenção de um empréstimo em condições preferenciais no montante de 190 milhões de dólares, que servirá para financiar as obras de ampliação da capacidade da central.

O acordo foi rubricado pelo presidente da Electricidade de Moçambique, Mateus Magala, e por um representante do grupo japonês que vai executar as obras de ampliação e está envolvido nos trabalhos de construção da central térmica de Maputo, em edificação nas antigas instalações da antiga Sonefe (Sociedade Nacional de Estudo e Financiamento de Empreendimentos Ultramarinos).

Mateus Magala disse que o passo seguinte neste projecto será obter aquele empréstimo em condições preferenciais, a ser concedido por um banco japonês.

O presidente da estatal moçambicana adiantou que o aumento da capacidade de produção daquele central vai permitir melhorar o fornecimento e a qualidade da energia fornecida às regiões centro e sul do país, casos de cidades como Dando, Beira e Manica. (

Fonte: Macauhub

Anúncios