governo_mocambique_maputo

Sede do governo da República de Moçambique/Foto EGMatos

A consultora Business Monitor Internacional (BMI) estima que a dívida pública de Moçambique deverá chegar aos 109,7% do PIB este ano, tornando-a a mais elevada na África subsahariana, numa nota de análise sobre o país.

“Depois de ter caído em incumprimento financeiro a 20 de janeiro, os próximos anos vão ser definidos pela capacidade do Governo em fazer regressar o peso da dívida global para um nível mais sustentável”, lê-se numa nota enviada a investidores, a que a Lusa teve acesso.

“Prevemos que a dívida total do Governo vá chegar aos 109,7% do PIB este ano, a maior da África subsahariana”.

Esta unidade de análise detida pelo grupo Fitch sublinha, ainda, que “a maioria da dívida é denominada em moeda estrangeira, tornando-a suscetível à volatilidade das taxas de câmbio”.

As autoridades moçambicanas confirmaram, em janeiro, que o Estado não vai pagar a sua dívida. Com isto, está formalmente em incumprimento financeiro, ou default, na linguagem dos economistas.

Fonte: Lusa

Anúncios