A empresa China Brasil Xinnenghuan International Investment (CBStell) pretende investir 1,4 mil milhões de dólares na instalação de uma fábrica em Nacala destinada a transformar carvão mineral em carvão de coque para abastecer a siderurgia localizada no Brasil.

As intenções da empresa ficaram expressas num memorando assinado na passada sexta-feira em Maputo pela secretária-permanente do Ministério da Indústria e Comércio de Moçambique (MIC), Carla Soto e o pelo presidente da CBStell, Zhang Shengsheng.

O presidente da CBSteel disse após a assinatura do memorando que as obras para a construção da fábrica em Nacala, na província de Nampula, serão financiadas pelo governo da China e poderão durar cerca de um ano.

A CBSteel prevê a exportação anual de quatro milhões de toneladas de carvão para o Brasil que serão usados na produção de aço.

A agência noticiosa AIM informou terem nos últimos cinco anos sido aprovados 92 projectos para Moçambique, correspondentes a 823 milhões de dólares de investimento directo chinês, com potencial para criar mais de 14 mil postos de trabalho.

Fonte: Macauhub

Anúncios