barack_obama_cartazes_franca_2017

Cartazes de Obama são vistos em Paris (Aurelien Meunier/Getty Images)

Insatisfeitos com as opções para a eleição presidencial de abril, um grupo de franceses decidiu importar um candidato: Barack Obama. Apesar de ser um sonho irreal, os organizadores da campanha Obama17 já espalharam o rosto do americano pelas ruas.

“É totalmente louco, mas a parte boa disso é que, quando você supera isso, começa a pensar que é possível”, explica o organizador, identificado apenas como Antoine, à rede CNN. O francês admite que tudo não passa de uma brincadeira, porém, lançou site, petição e colou 500 cartazes nas ruas de Paris. Acima da imagem sorridente de Obama, a frase: Oui on peut — tradução francesa para o famoso slogan do americano Yes, We Can (“Sim, nós podemos”)

Antoine tem intenções sérias com a piada: mostrar a insatisfação com os políticos da França. “As pessoas estão cansadas e gostam da brincadeira. Traz diversão no meio de todos esses escândalos”, comenta. O seu objectivo é alcançar 1 milhão de nomes num abaixo-assinado online.

A corrida eleitoral francesa está especialmente conturbada em 2017. Na liderança das pesquisas está a candidata populista de extrema-direita, Marine Le Pen, da Frente Nacional. Atrás dela, estava François Fillon, do conservador Republicanos, que teve a sua reputação derrubada há duas semanas por um escândalo de nepotismo. O espaço foi ocupado por um ex-ministro socialista, mas que prega economia aberta: Emmanuel Macron, do movimento Em Marcha.

Antoine não leva a sua ideia a sério – e tem certeza que Obama também não –, mas ganhou seguidores que acreditam na possibilidade do americano na Presidência. “Recebemos e-mails engraçados de advogados dizendo que é possível, se ele for naturalizado pelo presidente da Assembleia Francesa”, afirma.

Fonte: Revista Veja (Brasil)

Anúncios