whatsapp_facebook

Era uma das funções mais solicitadas pelos usuários: poder utilizar o WhatsApp sem precisar estar conectado à Internet. Até agora, a primeira coisa que o aplicativo de troca de mensagens fazia era testar o acesso à rede, e se ela não estivesse disponível a ferramenta só permitia ler mensagens já recebidas, e não muito mais do que isso. Uma nova actualização acaba de incorporar, de surpresa, a possibilidade de usar o WhatsApp mesmo sem acesso à rede, o que multiplica as possibilidades de uso deste popular app.

A partir desta actualização, o usuário poderá redigir mensagens e deixá-las “enviadas” no chat do destinatário, de forma que, ao recuperar a conexão, essas mensagens sejam transmitidas automaticamente. Por que essa nova função é tão importante? Porque o WhatsApp é uma ferramenta de trabalho cada vez mais relevante, e são muitos os cenários em que gostaríamos de antecipar as nossas tarefas mesmo sem ter acesso à Internet (em aviões, estacionamentos ou edifícios sem cobertura, por exemplo). Ao aparecerem como enviadas, as mensagens escritas nessas situações ficam na caixa de saída e chegam ao destinatário assim que o celular recupera a conexão.

Essa funcionalidade tão relevante foi incluída na actualização 2.17.1, lançada na manhã desta terça-feira pela empresa pertencente ao Facebook. A nova versão chega com outro presente embaixo do braço: a possibilidade de enviar fotos em grandes levas, já que o aplicativo superou as limitações prévias e agora permite a transmissão de até 30 fotos e/ou vídeos ao mesmo tempo.

Além disso, o WhatsApp redesenhou completamente a gestão do armazenamento, de maneira que o usuário pode acessar as fotos e vídeos (e demais documentos) enviados por cada chat e apagá-los directamente. Essa nova interface facilita bastante a gestão dos anexos, algo que sem dúvida será visto com gratidão por usuários que estiverem a ficar sem espaço no celular. A nova versão já está disponível tanto para o Android como para o iPhone.

Anúncios