A empresa australiana Mustang Resources procedeu ao envio do primeiro lote comercial de rubis e corintos extraídos na mina de Montepuez, norte de Moçambique, para os Estados Unidos, informou a empresa em comunicado divulgado sexta-feira.

A empresa informou ainda que esse primeiro lote de 6221 quilates (1244 gramas) foi enviado para clientes como a empresa de lapidação Meg Berry e diversos joalheiros na Califórnia.

O lote, adiantou a Mustang Resources, incluía cinco gemas especiais, com um peso combinado de 75 quilates e dois rubis com 24 quilates cada, que a empresa define como raros.

O envio deste primeiro lote vai fazer com que a empresa australiana recolha mais opiniões sobre o valor potencial dos rubis que extrai em Montepuez e sobre as melhorias estratégias de comercialização a fim de obter a melhor valorização possível.

O Projecto Montepuez Ruby consiste em três licenças que cobrem 15 800 hectares adjacentes ao maior depósito de rubis do mundo, explorado pela Gemfields, empresa com sede em Londres.

A Mustang também tem um interesse maioritário em duas licenças de exploração de diamantes ao longo do rio Save, no centro de Moçambique, a jusante dos campos diamantíferos de Murowa e Marange no Zimbabwe.

A par disso, a Mustang Resources detém os direitos exploração de grafite perto dos grandes depósitos descobertos pela Syrah Resources e pela Triton Minerals.

Fonte: Macauhub

Anúncios