OLYMPUS DIGITAL CAMERA

O Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, apontou a industrialização e a agricultura como prioridades para Moçambique, reiterando o empenho do Governo em recuperar a confiança dos parceiros internacionais para superar os desafios económicos que o país atravessa.

Falando durante uma cerimónia de saudação do corpo diplomático em Maputo, por ocasião do novo ano, Filipe Nyusi disse hoje que o desenvolvimento equilibrado de Moçambique passa por uma abordagem integrada entre o Governo e os parceiros internacionais, numa estratégia que deve valorizar a revitalização da produção nos sectores-chave da economia, como a agricultura e a indústria.

“Continuamos a desenvolver parcerias para estimular sectores estratégicos, como a agricultura, turismo e infraestruturas”, afirmou o chefe de Estado moçambicano.

Filipe Nyusi elencou também como prioridade a recuperação da confiança dos parceiros internacionais, na sequência da suspensão do apoio do fundo Monetário Internacional (FMI) e do grupo de doadores do Orçamento do Estado, em resultado da descoberta de avultadas dívidas ocultadas nas contas públicas.

“O Governo continua empenhado em restabelecer a confiança junto dos parceiros bilaterais e multilaterais”, declarou o Presidente moçambicano, acrescentando que o Executivo moçambicano quer “viabilizar a retomada do apoio e reforçar os mecanismos de transparência na prestação de contas”.

O impacto das calamidades naturais, que só nesta época chuvosa já mataram 34 pessoas e afetaram mais de 70 mil, entre Outubro e Janeiro, foi apontado pelo chefe de Estado como um novo desafio para o país e o apoio dos parceiros internacionais foi, mais uma vez, apontado como indispensável para a sua superação.

Face à crise que o país atravessa, prosseguiu o Presidente moçambicano, a aposta numa “estratégia de governação que valoriza a cooperação diplomática” poderá ajudar Moçambique a sair do mau momento, marcado por um aumento do custo de vida, desvalorização da moeda, aumento da inflação, uma crise política e militar que opõe o Governo e a principal força política de oposição e os impactos das calamidades naturais.

O chefe de Estado moçambicano reiterou o empenho do seu Executivo para alcançar a paz, destacando o compromisso com valores da democracia. “Queremos demonstrar o comprometimento do nosso país com valores internacionalmente aceites, como é a democracia e a boa governação política”, afirmou.

Filipe Nyusi enalteceu ainda a importância de estratégias coordenadas a nível regional e referiu que a adopção de medidas corajosas constituiu um dos principais elementos para o desenvolvimento dos países da África Austral.

“A nossa aposta continua a incidir sobre o estímulo de sinergias para atingir os resultados que desejamos, tendo sempre em conta os desafios económicos, sociais e culturais”, declarou o Presidente moçambicano, que mencionou ainda o desenvolvimento, nos últimos tempos, das relações com os países asiáticos como um bom indicador.

Fonte: Lusa

Anúncios