Mina_tete_vale

Mina de carvão da Vale em Tete

A mineradora brasileira Vale assinou nesta quinta-feira (12), junto do governo do Malawi, um acordo que assegura o financiamento para o Corredor Logístico de Nacala, norte de Moçambique, num negócio que pode chegar a US$ 2,5 bilhões. As informações são do jornalista Lauro Jardim, do jornal brasileiro O Globo.

As conversas para este acordo se estendem há muitos anos, e em setembro do ano passado, o presidente da mineradora, Murilo Ferreira, havia sito que o projecto para conseguir o financiamento já estava bastante adiantado.

Na ocasião a companhia estava a ter dificuldades para destravar o project finance que completaria a operação e que, segundo projecções da época, apontavam para uma entrada US$ 2,7 bilhões na caixa da Vale – valor que, segundo O Globo, acabou sendo um pouco menor.

Anúncios