aviao_lam_drone_tete

Radome do 737 da LAM danificado pelo choque com um drone (Newsavia)

Um Boeing 737 da companhia LAM (Linhas Aéreas de Moçambique) colidiu com um drone nesta quinta-feira (5) no momento da aproximação para o pouso no aeroporto de Tete, na região central de Moçambique. Apesar do choque, a aeronave, proveniente de Maputo, conseguiu pousar com segurança, informou o site Newsavia, de Portugal.

Ainda há poucas informações sobre o incidente, que está a ser apurado pelo Instituto de Aviação Civil de Moçambique (IACM). O drone atingiu o radome da aeronave, também chamado de “nariz”. Segundo a publicação portuguesa, o jacto “seguia com uma boa percentagem de ocupação” – o modelo da LAM atingido pode transportar 144 passageiros.

Esta é a segunda colisão de drone com aeronave registada na aviação comercial. O primeiro incidente desse tipo de que se tem notícia aconteceu em abril de 2016, com um Airbus A320 da companhia British Airways, do Reino Unido.

O incidente também ocorreu no momento em que o jacto realizava o procedimento de aproximação para o pouso no aeroporto de Heathrow, em Londres. A aeronave, com 132 passageiros a bordo, pousou com segurança e sem danos.

Anúncios