A Polícia da República de Moçambique (PRM) matou quatro homens que supostamente pretendiam raptar dois empresários na Rua dos Desportistas, em Maputo.

A informação foi avançada pelo porta-voz da PRM na capital moçambicana Orlando Mudumane, que, em comunicado, adiantou que sete homens estavam no encalce dos proprietários dos armazéns Sasseka, identificados apenas por Amin e Mamud.

“A PRM vinha seguindo o grupo e hoje (quarta-feira, 28), na monitoria dos mesmos, se apercebendo de presença policial abriram fogo contra os membros da PRM e, na troca de tiros, quatro dos sete meliantes perderam a vida e três puseram-se em fuga”, lê-se na nota, indicando ainda que usaram duas viaturas.

A polícia diz ainda ter apreendido quatro armas, sendo duas do tipo AKM e duas pistolas, das quais uma era de brinquedo.

Sem avançar mais detalhes, o comunicado revela que continua a perseguir os três elementos do grupo que se encontram monte.

Anúncios