Informações ainda não confirmadas pelas autoridades indicam que Valentina Guebuza foi atingida por quatro tiros e que não resistiu aos ferimentos a caminho do hospital.

image

A filha do antigo presidente de Moçambique Armando Gebuza foi morta a tiro, esta quarta-feira, em Maputo.

Informações ainda não confirmadas pelas autoridades indicam que Valentina Guebuza foi atingida por quatro tiros e que não resistiu aos ferimentos a caminho do hospital.

O marido, Zofimo Muiuane, é o principal suspeito do crime e já terá sido detido pelas autoridades.

Segundo o jornal Folha de Maputo, esta semana teria surgido um texto nas redes sociais que relatavam desavenças graves entre o casal, algo que pode ter culminado com este trágico acontecimento.

Valentina Guebuza tinha 36 anos, uma filha de pouco mais de um ano, e era formada em engenharia civil, licenciatura que completou na África do Sul. Administrava negócios nas áreas das telecomunicações, banca, pescas, transportes, minas e imobiliário, nomeadamente através da holding familiar Focus 21.

Em 2013, a revista norte-americana Forbes elaborou um ranking das mulheres mais poderosas de África. Isabel dos Santos, filha do presidente de Angola, José Eduardo dos Santos, surgiu no primeiro lugar. A sétima posição foi atribuída a Valentina Guebuza.

 

Anúncios