imageNuma parceria entre o Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, a Alcance Editores e o Hotel Sena, a Beira acolhe, no dia 5 de outubro de 2016, o lançamento, ao nível da região Centro de Moçambique, da última obra de Luís Correia Mendes, “A ilha insólita”. A cerimónia terá lugar às 18h, no Hotel Sena.

Numa espécie de homenagem à terra onde cresceu, a Ilha de Moçambique, a obra reúne um conjunto de 21 poemas, acompanhados de imagens da ilha. Como se lê no prefácio da obra, assinado por Fernando Teixeira, “a Ilha, tecida na simplicidade dos poemas, ganha a dimensão e o estatuto da intemporalidade de uma alma vasta”, talhada “por encontros e pela geometria luminosa de sucessivos navegantes do Índico”.

Na cerimónia de lançamento do livro, além da apresentação da obra, a cargo de Anísio Páscoa (Universidade Pedagógica – Beira), será feita uma contextualização histórico-cultural da Ilha de Moçambique, espaço simbólico da obra, por Paulo Pires Teixeira, autor de “A Ilha de Moçambique na alma dos poetas” (2008). A animação cultural estará a cargo do grupo de dança tofu Estrela Vermelha da Beira, da Associação Literária Kulemba, do grupo musical Djengos e de Halima Cassimo.

Após a publicação da coletânea de poemas iA Ilha de todos”, em 2008, esta é a segunda obra poética do autor, a primeira publicada com a chancela da Alcance Editores. As informações são do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua.

Anúncios