Petroleo_gas_plataforma_a

O governo de Moçambique e o grupo norte-americano Anadarko Petroleum estão próximos de alcançar um acordo que permitirá o início das operações de extracção de gás natural na bacia do Rovuma, província de Cabo Delgado, escreveu o jornal Notícias, de Maputo.

O jornal citava declarações de Al Walker, presidente executivo do grupo petrolífero, no final de uma visita do Presidente de Moçambique, Filipe Jacinto Nyusi, às instalações do grupo norte-americano, em Houston, Texas.

O acordo a ser assinado entre as partes vai resolver problemas relacionados com os contractos e a moldura legal, elementos críticos para garantir segurança ao projecto e o valor económico a longo prazo.

Walker não mencionou datas, tendo recordado que é igualmente preciso ter em conta as incertezas provocadas pelos baixos preços do gás natural liquefeito no mercado internacional.

A Empresa Nacional de Hidrocarbonetos aconselhou a aceleração do processo de extracção de gás natural, sob pena de o país perder a oportunidade, tendo 2016 sido definido como ano crucial para o estabelecimento de bases sólidas para o início das operações.

Desde a descoberta de gás natural na bacia do Rovuma, há seis anos, o grupo norte-americano Anadarko Petroleum ainda não tomou a decisão final de investimento, o último e definitivo passo para avançar com o projecto.

Fonte: Macauhub/MZ

Anúncios