image

Foto: JUSTIN LANE/EPA

A petrolífera Exxon Mobil está em conversações avançadas com a Eni para comprar uma participação minoritária em novas descobertas de gás natural no offshore de Moçambique, de acordo com a Bloomberg, que cita duas fontes não identificadas.

Rex Tillerson, presidente executivo da Exxon, discutiu o negócio com o chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi, na semana passada em Maputo, de acordo com uma das fontes.

A participação da Exxon permitirá acelerar o desenvolvimento de um dos maiores projetos de prospeção de gás natural em todo o mundo. A Exxon está também em conversações com a Anadarko Petroleum para a compra de uma participação na Área 1 na Bacia do Rovuma, em Moçambique, segundo as mesmas fontes.

Há três anos, a companhia chinesa China National Petroleum comprou à Eni 20 por cento da Área 4 na mesma bacia por 4,2 mil milhões de dólares. A Exxon e a Anadarko escusaram-se ambas a comentar as conversações à Bloomberg.

O presidente executivo da ENI, Claudio Descalzi, afirmou no passado dia 12 de maio que a companhia estava em conversações para vender uma participação nas jazidas de gás descobertas em Moçambique e que espera chegar até ao final do ano a uma decisão de investimento num projeto de Gás Natural Liquefeito.

A Exxon está já presente em Moçambique desde outubro do ano passado, quando ganhou três licenças de exploração em blocos no offshore a sul das descobertas da Anadarko e da Eni.

Fonte: Lusa

Anúncios