Mia_couto_pintura

Mia Couto por Maria José Cabral

A Fundação Fernando Leite Couto apresenta sábado, 16 de Julho, o livro infantil O Gato e o Escuro, do escritor moçambicano Mia Couto. Trata-se de uma nova edição desta obra que o autor publicou há alguns anos, contando, desta vez, com ilustrações de um artista moçambicano, Luís Cardoso.

A temática de O Gato e o Escuro é tão actual quanto pertinente, dada a intenção do autor quando escreveu o texto. Neste livro, Mia Couto convida os leitores a uma aventura destemida para enfrentar o medo. Leva-os ao encanto do mundo mágico da aventura, com um misto de emoções: a tristeza de quem se perde, o conforto da companhia materna e o brilho da amizade e da tenacidade. É neste arco-íris da aventura que se convertem fraquezas em força, inspirador para as nossas crianças.

O livro foi escrito numa linguagem acessível, mas sempre com o traço do autor, que se consubstancia no contributo que dá em vocabulário à língua portuguesa. Ao entrarem em contacto com O Gato e o Escuro, os mais pequenos se estarão também a introduzir na fantástica escrita do autor moçambicano.

Este O Gato e o Escuro, cuja tiragem é de cinco mil exemplares. conta com ilustrações do artista moçambicano Luís Cardoso. A Fundação Fernando Leite Couto e o autor decidiram-se por esta tiragem para permitir que a obra chegue a mais mãos, sobretudo dos mais pequenos, no quadro dos esforços que empreendem para tornar o livro mais disponível no país.

O evento de lançamento de O Gato e o Escuro, que se inicia às 11 horas de sábado, compreenderá uma animação teatral da obra, pela actriz e encenadora Sufaida Moyana e pelo bailarino de dança tradicional Jaime Nhamatate, ao que se seguirá a leitura do livro por crianças e uma intervenção do autor, que vai interagir com meninos e meninas sobre o fascinante mundo da leitura.

Anúncios