As Linhas Aéreas de Moçambique (LAM) vão suspender a partir de Julho os voos directos entre Maputo e Luanda, a capital de Angola, informou a companhia em comunicado quarta-feira divulgado em Maputo.

O comunicado adianta que a decisão de suspender os voos entre Maputo e Luanda visa garantir maior rentabilidade à companhia, face à conjuntura económica difícil que Moçambique atravessa, na medida em que a rota tem registado diminuto número de passageiros.

“Os voos directos na rota Maputo/Luanda poderão ser retomados logo que as condições de mercado tornem isso possível”, lê-se no comunicado.

O conselho de administração da companhia aérea de bandeira foi alterado, tendo passado a ser presidido por António Pinto Abreu, em substituição de Silvestre Sechene, que estava à frente da companhia desde Julho de 2014.

Fonte: Macauhub/AO/MZ

Anúncios