image

Eric Clapton (Foto: Dave Allocca / Starpix / Via AP Photo)

O músico inglês Eric Clapton, de 71 anos, revelou em recente entrevista à revista “Classic Rock Magazine” que sofre de neuropatia periférica, doença que afecta o sistema nervoso, os movimentos de pés e mãos e provoca dificuldade para tocar tocar guitarra. Na sexta-feira (10), a publicação divulgou no seu site trechos da conversa na qual Clapton também falou sobre o seu disco mais recente, “I still do”.

Sobre tocar o seu instrumento, o guitarrista, considerado um dos maiores de todos os tempos, comentou: “Quer dizer, é um trabalho difícil às vezes, o lado físico disso – ficar velho é duro. [É] difícil tocar guitarra e tive de entrar em acordo com o facto de que não vou melhorar”.

Clapton detalhou como ficou a saber que tinha neuropatia periférica, doença que afecta especialmente extremidades, como mãos, pés e braços.

“Tive muita dor ao longo do último ano. Começou com uma pequena dor na parte inferior das costas, e depois evoluiu para o que chamam de neuropatia periférica, que é quando você sente como se estivesse a levar choques descendo para a perna”, afirmou.

“E tive de descobrir como lidar com isso e outras coisas que vêm com o envelhecimento.”

Clapton também comparou a sua situação actuql aos seus problemas com drogas do passado: “Eu não sei como sobrevivi – aos anos 1970, especialmente. Como estou recuperado do alcoolismo e do vício, acho uma coisa incrível estar vivo, afinal. Pela lógica, eu deveria ter batido as botas muito tempo atrás. Por alguma razão, fui tirado das garras do inferno e recebi uma nova chance”.

Entre as causas possíveis da neuropatia periférica, está o consumo excessivo de álcool.

Anúncios