image

Paul Simon vai apresenta o seu novo disco “Stranger to Stranger”.

O cantor norte-americano Paul Simon iniciará no outono uma digressão europeia com cerca de 20 datas, anunciou a sua produtora.

Paul Simon publicou na sexta-feira Stranger to Stranger, 12º álbum de estúdio do músico, a solo, apresentado como um cruzamento de experimentações musicais em torno de músicas do mundo, do jazz à folk. Um disco bastante aguardado, uma vez que o anterior, So Beautiful or So What, data já de 2011.

Paul Simon, 74 anos, está neste momento a atuar pela América do Norte – uma digressão com 40 datas. Entretanto, atravessa o Atlântico. Iniciará a digressão europeia a 17 de outubro na República Checa.

Desloca-se à Alemanha, Suécia, Noruega, Dinamarca, Holanda, Bélgica (Bruxelas a 1 de novembro), Grã-Bretanha, França (Palácio do Congresso em Paris a 14 de novembro), Suíça (Zurique a 15 de novembro), Espanha e Irlanda, onde termina a 21 de novembro.

Durante estes concertos, deverá tocar ao longo de “duas horas” os clássicos e os novos temas do mais recente álbum.

Realizado com o seu produtor de longa data Roy Halee, o novo disco explora também o trabalho de Harry Partch, compositor experimental norte-americano e criador de instrumentos de música, falecido em 1974.

Paul Simon, com o duo Simon and Garfunkel, marcou a música dos anos 60, com as canções The Sound of Silence, Mrs. Robinson e Bridge Over Troubled Water, entre tantos outros. A solo, encontrou o sucesso com temas como You Can Call Me All e Me and Julio Down by the Schoolyard.

Fonte: dn.pt

Anúncios