image

Turistas são retirados da Casa Branca – Reprodução

A Casa Branca fechou as portas nesta sexta-feira por motivos ainda não confirmados pelas autoridades. Há relatos de que pouco antes os arredores do local registaram sons de tiros e de que uma pessoa teria sido baleada. A vítima teria sido levada ao hospital em estado crítico.

O atirador já teria sido preso pela polícia, segundo a rede CNN. O tiroteio teria acontecido na West Executive Drive, a menos de 30 metros dos portões da residência presidencial.

Embora o governo americano não tenha se pronunciado ainda sobre o assunto, a imprensa americana diz que o presidente Barack Obama não estava no local e que o vice-presidente Joe Biden foi transportado para um complexo de segurança da Casa Branca. Mais cedo nesta tarde, o Serviço Secreto americano evacuou a área norte do prédio, a Avenida Pensilvânia e o Parque Lafayette, nas proximidades do local.

Forças de segurança foram vistas no topo da Casa Branca nesta sexta-feira, enquanto as ruas ao redor da residência eram evacuadas. Gritos foram ouvidos na Pennsylvania Avenue, rua em que estão os principais portões de entrada da Casa Branca.

Segundo a Agência Reuters, vários jornalistas estão neste momento retidos na sala de conferências de imprensa, sem serem autorizados a sair.

Também segundo a CNN, a segurança da Casa Branca alvejou um homem que, “aparentemente”, tinha consigo uma arma. O suspeito foi atingido no abdómen e capturado.

Não é claro se se trata da mesma pessoa que era dada como ferida e transportada para o hospital.

(Notícia em actualização)

Anúncios