imagePatricia Price, de 26 anos, morreu com um tiro enquanto dirigia na quarta-feira numa rodovia na cidade de Milwaukee, em Wisconsin, nos Estados Unidos. Segundo a polícia local, o autor do disparo acidental foi o filho da vítima, de apenas 2 anos, que estava no banco de trás do veículo.

A arma estaria embaixo do banco do motorista e teria escorregado para trás, permitindo que a criança a alcançasse, segundo o departamento de polícia do condado de Milwaukee, citando testemunhas. Patricia foi declarada morta na cena do acidente.

No veículo também estavam presentes outro filho de Patricia, de um ano de idade, e a mãe da motorista, ambos no banco do passageiro. De acordo com o jornal Washington Post, oficiais mencionaram que o menino não estava sentado numa cadeirinha e não informaram se ele usava cinto de segurança.

O pai da vítima, Andre Price, disse à rede de televisão WISN que Patricia namorava um segurança, e ele era o proprietário do carro que ela dirigia. Andre descreveu a filha como uma mãe trabalhadora e extremamente cuidadosa com os seus três filhos.

Segundo dados do grupo de controle de armamento Evertytown Gun Safety, 77 crianças e adolescentes menores de 18 anos atiraram involuntariamente em si mesmos ou outras pessoas neste ano nos Estados Unidos.

Anúncios